Ver outras mulheres ingressando no mercado de TI é inspirador

A representatividade da mulher no ambiente tecnológico é considerada importante para Vanessa

17 de julho de 2017
• Escrito por

E começamos essa semana com mais uma nova entrevistada, Vanessa Barreiros, 20 anos, estudante de Administração na UFPE e Desenvolvedora Front-End no CITi.

Desde cedo Vanessa teve incentivo dos pais para trilhar uma carreira na área de TI. “Como estudo administração, não tive a oportunidade de atuar nessa área na prática. Porém, quando entrei no CITi, pude finalmente trabalhar com o que eu gosto, além de ter tido a oportunidade de trabalhar na área de marketing, a qual acabei gostando bastante”.

Após o envolvimento com a área, ela não se vê trabalhando com outra coisa e afirma que a fez ter uma visão mais sistêmica sobre as coisas, uma mente mais inovadora e, também, conseguiu desenvolver uma facilidade para enxergar soluções para problemas cotidianos.

Quando questionada sobre a participação da mulher na área de TI ela diz que o público feminino ainda sofre muito preconceito, mas que cada vez mais mulheres têm ingressado no mercado de TI e buscam a mudança dessa realidade.

“Apesar de existirem alguns preconceitos só pelo fato de eu ser mulher, acredito que é a área que vem se desenvolvendo cada vez mais e abrindo espaço para pessoas independentemente de gênero. Me sinto muito satisfeita de estar presenciando isso.”

A representatividade da mulher no ambiente tecnológico é considerada importante para Vanessa, ver outras mulheres ingressando no mercado de TI é inspirador.

Ela deixa a seguinte mensagem para as mulheres que desejam seguir essa carreira: “Não tenham medo de seguir o que você almeja para a sua vida e não deixe que disparidades entre gêneros no mercado sejam motivos para desistência ou desestímulo, porque se você tiver um objetivo, nada poderá impedir”.