Persona? Novo vocábulo que vai mudar o modo como você enxerga seu público alvo

Parece ser a mesma coisa, mas não é, veja qual a principal diferença e o que esse novo nome agrega ao seu negócio!

9 de agosto de 2017
• Escrito por

Ao procurar na internet, a definição mais frequente de persona é “a personalidade que o indivíduo apresenta aos outros como real, mas que, na verdade, é uma variante às vezes muito diferente da verdadeira”. Mas hoje, vamos destrinchar e explanar da maneira mais clara possível o que é exatamente essa nova palavra, que fará com que você obtenha resultados positivos em seu negócio.

 A persona está diretamente relacionada com o marketing digital, sendo muito utilizada para a produção de um conteúdo interessante e para facilitar o direcionamento dos temas. A definição de persona é, de forma simplificada, representações de um determinado público, no caso, o alvo da sua startup, no qual deverá ser mais detalhado possível, e é isso que a diferencia de “público-alvo”, levando em consideração seus desejos e anseios. Preste bastante atenção, pois esse modelo deverá ser ideal para orientar corretamente todas as ações da sua empresa.

As buyer personas são criadas para levar a menagem certa para a pessoa certa, tendo assim, uma maior chance de sucesso, sem esta ser bem definida, você poderá jogar sua estratégia por água a baixo e acabar falando português com quem só fala grego. Com ela, saberá o tipo de conteúdo a ser publicado, ajudará na construção de estratégias de marketing e entenderá onde que o público busca a informação e como as consomem.

Após saber o que é o como ela ajudará em sua startup, é hora de desenvolver. Ao analisar o seu cliente típico, você definirá sua persona pela maioria, respondendo a perguntas do tipo: Quem é o seu potencial cliente? (características físicas e psicológicas) Que tipo de assunto o interessa em seu setor? Quais os seus objetivos, dificuldades e desafios? Quem influencia em suas decisões? Quais as atividades ele realiza comumente? Quais os tipos de informações ele consome e por quais veículos?

Você irá, basicamente, buscar o que exatamente o seu cliente procura na área de atuação de sua startup. A partir dessas informações você poderá ir mais a fundo, estabelecer nome(fictício), idade, sexo, cargo, ramo de atividade, grau de escolaridade, objetivos e desafios da persona e meio de comunicação utilizado.

Ex.: Mariana Allbuquerque, de 30 anos, tem 2 filhos, é formada em ciências econômicas e trabalha como gerente de vendas. Frequenta o teatro de sua cidade com frequência.Sua maior dificuldade é administrar seu tempo de trabalho, lazer e família e almeja bater todas as metas propostas em sua empresa.

As informações finais são tão específicas que ao recolher todas essas verá que a empresa em si estará pensando como o cliente e para o cliente. Estabelecer a persona é de suma importância tanto para a elaboração de um melhor serviço ou produto, quanto para o estabelecimento de um grandioso marketing digital, que tem descomunal participação no crescimento do seu negócio, mas este é assunto para um post posterior, acompanhe!