Incubadoras e Aceleradoras de Startups

Incubadoras e Aceleradoras de Startups

Hoje, dia 15 de junho, como foi citado na publicação anterior, vamos falar sobre as incubadoras e as aceleradoras, um ótimo assunto a ser tratado para os que almejam dar início a algum projeto inovador, no entanto, a ideia ainda não saiu do papel ou não alcançou o resultado previsto.

Vale salientar que ambas se diferenciam em alguns aspectos, confira, as incubadoras consistem basicamente em apoiar as pequenas empresas que trabalham com o direcionamento governamental ou regional, como por exemplo, projetos de incentivo à telecomunicação ou biotecnologia que venha a favorecer a região, elas são baseadas no modelo tradicional de consultores que são contratados e pedirão o seu plano de negócios, já as aceleradoras, farão o estudo do seu modelo de negócio, trabalham com necessidades do momento que possam ser solucionadas de modo escalável, sendo assim lideradas por empreendedores experientes.

Como bons exemplos de incubadoras temos O BizSpark Network Partner e a Startup Incubation. O BizSpark Network Partner é um programa da Microsoft realizado mundialmente que apoia novas empresas de tecnologia, a entidade oferece às empresas recursos essenciais para seu crescimento, acesso gratuito às tecnologias da Microsoft, doação de software, treinamento e suporte técnico, além de visibilidade no mercado nacional, Para mais informações visite o site: www.microsoft.com/BizSpark . A Startup Incubation consiste em 14 semanas de incubação acelerando o desenvolvimento das Startups fornecendo recursos, financiamento e orientação participando de workshops semanais, as empresas incubadas têm acesso ao BizSpark e outros serviços prestados pelo MIC.

Como exemplo de aceleradora, sem sombras de dúvidas, a JUMP Brasil tem muito a oferecer, essa aceleradora trabalha enfatizando as atividades de consultoria empresarial, mentoria e rede de contatos, esse processo se dá por 5 meses tendo como objetivo transformar essas Startups em empreendimentos de sucesso capacitando toda a empresa. Para ingressar na JUMP os candidatos deverão passar por uma seleção que consiste em 3 etapas, mas o resultado obtido é o esperado.

Como saber se você necessita de uma aceleradora ou incubadora?

Se o seu modelo de negócios está voltado para algo mais tradicional baseado em aspectos governamentais ou regionais, você precisa de uma incubadora, mas se deseja um empreendimento escalável e repetível, de modo radical, você deve procurar uma aceleradora.

Para mais informações consulte a fonte do nosso conteúdo, os sites da JUMP Brasil e do Sebrae. Até a próxima semana com mais conteúdo empreendedor!

Leave a Reply

Protected by WP Anti Spam